Publicado em: sábado, 24/09/2011

Luiz Felipe Scolari compara Palmeiras a casamento e pede paciência à torcida

Felipão voltou ao Palmeiras em 2010 e, desde então, convive rotineiramente com problemas com torcida e diretoria. Na entrevista coletiva após a vitória do clube alviverde contra o Ceará, por 1 a 0, na quinta-feira (22), o técnico pediu paciência à torcida para seguir seu trabalho de forma tranquila.

O treinador explicou que a equipe do Palestra Itália passa por um momento delicado, com investimentos pequenos para conseguir pagar todas as dívidas de pagamentos atrasados. Recentemente, o Palmeiras contratou o meia Pedro Carmona, do Criciúma, um reforço contestado pela torcida por não ser um nome conhecido. Ele não enfrentou a equipe do Ceará porque o treinador dos nordestinos escalou jogadores altos, o que dificultaria sua escalação. Porém, Felipão já avisou que ele será o cobrador das faltas próximas à área.

O técnico do Verdão também comparou o time ao casamento, como já fez em outros momentos. Felipão disse que é casado há 38 anos e que briga com a esposa alguns dias, fazendo os repórteres que estavam na coletiva darem risada. Quando perguntado sobre que tipo de mulher seria o Palmeiras, Scolari disse que é um diabinho, sem pintura e sem plástica, arrancando novas risadas dos jornalistas presentes.

Felipão terá um desfalque importante para o próximo confronto do Verdão no Campeonato Brasileiro, contra o Atlético-GO, em Goiânia. O volante Chico está suspenso por receber o terceiro cartão amarelo, e Scolari disse que considera injusta por achar que a falta não aconteceu. Além de Chico, o lateral direito Cicinho está contundido, fazendo com que o volante Márcio Araújo atue deslocado de sua situação.