Publicado em: quinta-feira, 27/06/2013

Copa das Confederações – Lugano afirma que a Celeste perdeu chance de fazer história outra vez no Brasil

Lugano afirma que a Celeste perdeu chance de fazer história outra vez no BrasilNa Copa das Confederações, o zagueiro Diego Lugano era um dos atletas que estava mais abatido na saída do Estádio do Mineirão após a derrota que o Uruguai sofreu para o Brasil pelo placar de 2 a 1 durante as semifinais da Copa das Confederações. O jogador que é capitão da equipe Celeste fez elogios para a atuação que a equipe teve, porém lamentou que o Brasil teve sorte ou eficácia, e conseguiu a vaga para a final do torneio.

Ele disse que a equipe perdeu a chance de fazer outra vez história no Brasil, com referências a final na Copa do Mundo de 1950, que foi chamada de Maracanazo. Lugano acrescentou que a equipe deu tudo o que tinha, e diz sentir que conseguiram fazer com que a Celeste voltasse ao nível máximo do futebol mundial.

O atleta que atuava no São Paulo não quis entrar em maiores polêmicas com atletas brasileiros. Durante a manhã da quarta-feira (26), algumas horas antes da partida, a CBF divulgou uma nota de repúdio para as declarações que o zagueiro havia feito na véspera.

A equipe do Uruguai vai disputar o terceiro lugar da Copa das Confederações durante o domingo (30), na Arena Fonte Nova em Salvador, a partir das 13h, contra Itália ou Espanha que jogam durante esta quinta-feira (27) a partir das 16h na Arena Castelão em Fortaleza.

Porém a cabeça dos atletas uruguaios agora se volta para as Eliminatórias Sul-Americanas para conseguir uma vaga para a Copa do Mundo de 2014. Com apenas quatro rodadas para o fim da disputa, o Uruguai está na quinta colocação com 16 pontos, cinco pontos a menos que a equipe do Chile que está no quarto lugar. Os quatro melhores na classificação garantem uma vaga direta para a Copa. Já o quinto lugar irá disputar a repescagem contra o ganhador do jogo entre Jordânia e o Uzbequistão.