Publicado em: quarta-feira, 16/05/2012

Lucro da Oi cresce 270% nos primeiros três meses de 2012

A empresa de telefonia Oi registrou R$ 346 milhões de lucro liquido no primeiro trimestre de 2012. Isso equivale a um aumento de 145,4% em comparação com o valor do último trimestre de 2011, que alcançou R$ 141 milhões. No entanto, a maior diferença está em relação ao mesmo período do ano passado, já que o aumento observado foi de 272%. No mesmo trimestre de 2012 o lucro liquido não passou de R$ 93 milhões.

No total, a receita líquida da empresa no período foi de R$ 6,8 bilhões. Isso equivale a uma queda de 1,9% em relação ao mesmo período do ano passado. No entanto esse valor está de acordo com o Plano Estratégico de longo prazo feito pela empresa. Conforme dados da empresa, a situação ideal é que a aceleração da receita seja precedida pela melhoria dos indicadores operacionais. Os dados deste primeiro trimestre já demonstraram isso.

Essas informações foram repassadas à imprensa durante uma audioconferência feta pelo diretor de Finanças e de Relações com Investidores, Alex Zornig. Ele disse ainda que a Oi é agora chamada de Oi S.A. Essa mudança ocorreu depois que a Tele Norte Leste Participações (TNL )e a Coari foram extintas. Com a mudança deste cenário, a TMar tornou-se uma subsidiária da Oi S.A.. Zornig ressaltou que a finalização dos serviços da TNL gera uma diminuição de pelo menos R$ 100 milhões.

Oi alcança 70,8 UGRs no primeiro trimestre do ano

Somente nos primeiros três meses do ano, a Oi alcançou o recorde de 70,8 milhões de Unidades Geradoras de Receitas (UGRs). Isso equivale a um aumento de 7,2% se comparado a 2012. Segundo Zornig, esse resultado satisfatório é resultado do bom desempenho corporativo, assim como pela diminuição da queda do segmento residencial no final de 2011. Dos 70,8 milhões, 44,1 milhões se concentram na Mobilidade Pessoal, 17,9 milhões equivale a planos residenciais e 8,1 milhões ligados à empresas. Há ainda cerca de 757 mil postos públicos.