Publicado em: sexta-feira, 09/05/2014

Lote residual de declarações de Imposto de Renda de 2008 a 2013 começa a ser pago no próximo dia 15

Lote residual de declarações de Imposto de Renda de 2008 a 2013 começa a ser pago no próximo dia 15A receita Federal anunciou que começarão a serem pagas as restituições de Imposto de Renda para os contribuintes que caíram na malha fina entre os anos de 2008 à 2013, esses valores estarão disponibilizados para saque a partir do próximo dia 15.

Os valores que serão pagos somam R$ 163 milhões sendo que R$ 58.6 milhões são destinados ao pagamento de idosos ou portadores de deficiência física ou mental, além de pessoas que possuem enfermidades de natureza grave.

Os pagamentos atingem um número de 88.639 mil contribuintes que caíram na malha fina correspondente as declarações anteriores, a Receita declarou também que as pessoas podem ainda consultar se tem direito a esse recebimento, por meio do site do órgão ou através da central de atendimento telefônico da Receita.

Para as pessoas que se utilizam de smartphones ou tablets, a Receita Federal informou que está disponível um aplicativo para que estes possam fazer suas consultas de maneira mais rápida, através do uso do aplicativo os contribuintes podem verificar a situação cadastral do seu CPF, além de verificar se há algum valor disponibilizado para que estes recebam a partir deste dia 15.

Os valores que serão restituídos pela Receita ficarão disponibilizados até um ano, para aqueles contribuintes que tem direito ao recebimento mas que não desejam realizar o saque agora, caso estes se atrasem e percam o prazo o valor pode ser requerido através do preenchimento de um formulário que fica na página do órgão na internet intitulado de Pedido de Pagamento ou restituição, para aqueles que não acessam a internet é possível solicitar também através do atendimento telefônico do órgão, após realizar essas solicitações, caso o contribuinte enfrente qualquer problema para o recebimento este pode se encaminhar a agencias do Banco do Brasil ou requerer informações através da central telefônica da Receita Federal.