Publicado em: terça-feira, 31/07/2012

Londres 2012: seleção feminina de vôlei perde para os Estados Unidos

Londres 2012: seleção feminina de vôlei perde para os Estados UnidosA seleção brasileira perdeu seu segundo jogo nas Olimpíadas de 2012, que estão sendo realizadas em Londres, na Inglaterra, desde a semana passada. A equipe enfrentou os Estados Unidos e perdeu por três sets a um, depois de cometer muitos erros. Com a vitória sobre o Brasil, a seleção norte-americana é líder do grupo B com seis pontos. Enquanto isso, o Brasil segue na quarta colocação, com apenas dois pontos conquistados até agora.

Em sua estreia na competição, o Brasil enfrentou a Turquia e venceu com muita dificuldade por três sets a dois. A seleção brasileira voltou para a quadra nessa segunda-feira, 30 de julho, para enfrentar a equipe que é a favorita para levar a medalha de ouro nesta edição dos jogos olímpicos.

A seleção brasileira, que é treinada pelo técnico José Roberto Guimarães, entrou em quadra sabendo que os Estados Unidos têm uma equipe superior, mas nem por isso se deixou abater, pelo menos não no começo do jogo. O Brasil conseguiu manter o jogo com equilíbrio até a metade do primeiro set, mas logo começaram a abusar dos erros e permitir que o adversário abrisse vantagem.

As brasileiras não conseguiam, por exemplo, acertar o tempo de bloqueio e nem os passes. Isso fez com que as americanas fechassem o primeiro set em 25-18. Os erros do Brasil continuaram no segundo set e o técnico tentou consertar fazendo algumas trocas, mas a seleção adversária conseguiu novamente abrir vantagem e fechar o set em 25-17.

A reação do Brasil veio somente no terceiro set, quando a seleção conseguiu sair na frente e acertar o tempo de bloqueio e com isso as brasileiras conseguiram vencer o terceiro set por 25 a 22.

No quarto set a seleção voltou a errar, tendo falhado nos saques em seis vezes. Assim, as americanas conseguiram fechar a partida, vencendo o set por 25 a 21. Agora, a seleção brasileira volta para as quadras na quarta-feira, 1° de agosto, quando enfrenta a Coreia do Sul às 18 horas, pelo horário de Brasília.