Publicado em: quinta-feira, 05/07/2012

Londres 2012 – CBB paga seguro de Leandrinho

Sem contrato com uma equipe da NBA, o armador Leandrinho é obrigado pelas regras da liga norte-americana a ter um seguro para atuar por amistosos da seleção brasileira. A CBB (Confederação Brasileira de Basquete), no entanto, quitou o seguro e agora o jogador está liberado para participar das partidas preparativas para os Jogos Olímpicos de Londres.

A entidade brasileira pagou uma quantia de U$ 135 mil (algo equivalente a R$ 245 mil) para poder contar com armador. Com o seguro pago na última quarta-feira (04), o técnico Rúben Magnano terá Leandrinho à disposição para o torneio que a equipe disputa na Argentina, durante esta semana. O primeiro compromisso do armador deverá ser contra a seleção do Chile, nesta quinta-feira (05).

A seleção brasileira está na Argentina onde disputa o Super Four, torneio que reúne também as equipes da própria Argentina, além de um time B da Espanha. Na sexta-feira acontece a decisão do torneio, com os vencedores dos duelos dos jogos de hoje. Depois da competição no país vizinho o time de Rúben Magnano faz amistosos em Foz do Iguaçu e Estados Unidos, para em seguida embarcar para a Europa.

Por não ter contrato com nenhuma equipe, Leandrinho precisa de um seguro diferente e mais complexo do que é exigido para seus colegas de seleção, Tiago Splitter, Nenê e Anderson Varejão. Por conta deste empecilho, o armador teve de ficar de fora do três jogos que o Brasil fez em São Carlos, São Paulo, contra Grécia, Nigéria e Nova Zelândia.

Leandrinho defendeu duas equipes na última temporada da NBA, o Toronto Raptors e o Indiana Pacers. Agora, os agentes do jogador se encontram nos Estados Unidos e tentam fechar um bom acordo para o armador brasileiro. Eleito ‘melhor sexto jogador’ na temporada 2003, quando atuava no Phoenix Suns, Leandrinho afirmou recentemente que está otimista em conseguir um bom acordo para a temporada 2012/2013.