Publicado em: segunda-feira, 02/07/2012

Londres 2012 – Brasil fecha delegação e terá 19 atletas a menos que em Pequim

O Troféu Brasil de atletismo, realizado em São Paulo, no último domingo (1º), definiu as últimas vagas da modalidade para os Jogos Olímpicos de Londres, e desta forma o Brasil fechou a sua delegação que irá enviar para as Olimpíadas deste ano. Ao todo, o país terá 258 atletas competindo na Grã-Bretanha.

As últimas vagas foram asseguradas no decatlo, com Luiz Alberto de Araújo, e marcha atlética, com Caio Bonfim. O Brasil terá em Londres 45 competidores, e com isso é a modalidade com mais representantes nos Jogos. Porém, em comparação à última Olimpíada, a delegação brasileira terá um número menor de atletas, incluindo o próprio atletismo, que reduziu de 45 para 35 competidores neste ano.

A delegação do Brasil em Londres terá dezenove atletas a menos que em Pequim 2008. Algumas modalidades, como a seleção masculina de handebol, a equipe de ginástica rítmica e a natação que também enviará um número menor de atletas – de 27 em 2008 para 20 este ano – justificam este encolhimento do grupo que vai para as Olimpíadas deste ano.

A equipe feminina de natação, por exemplo, sofreu uma redução significativa nos Jogos de Londres. Se em Pequim o Brasil enviou 12 nadadoras, para Londres este número reduziu além da metade: cinco atletas (incluindo a maratona aquática). Em contrapartida, no basquete, houve aumento do número de atletas com a classificação do time masculino após 16 anos de ausência em Jogos Olímpicos.

Apesar da redução do número de atletas, a delegação brasileira em Londres será a segunda maior em todos os Jogos Olímpicos, superando a que foi enviada em Atenas-2004. Se o número de representante é menor que em Pequim, a meta de medalhas do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) é de subir ao pódio o mesmo número de vezes que na China, há quatro anos atrás. A intenção é obter em Londres 15 medalhas (independente de ser ouro, prata ou bronze).