Publicado em: segunda-feira, 30/07/2012

Londres 2012 – Atleta do tênis de mesa com deficiência física afirma que possui vantagem nos Jogos Paraolímpicos

Londres 2012 - Atleta do tênis de mesa com deficiência física afirma que possui vantagem nos Jogos ParaolímpicosA atleta do tênis de mesa, Natalia Partyka, que compete pela Polônia, surpreendeu os espectadores dos Jogos Olímpicos de Londres 2012 por, mesmo tendo uma deficiência física, estar competindo com os demais atletas. A polonesa não possui a mãe e uma parte do braço direito, mas mesmo assim quis competir com as outras mesa-tenistas. Partyka foi eliminada no domingo (29), ficando entre as 32 melhores atletas do esporte nos Jogos de Londres.

Partyka afirma que ficou satisfeita com seu desempenho na competição e considera que possui uma vantagem nos Jogos Paraolímpicos deste ano. Em uma entrevista para a rede BBC britânica, a atleta polonesa afirmou que é muito provável que ela esteja em vantagem para as Paraolimpíadas, por ter atuado nos jogos agora.

Outros atletas

Além de Partyka, outros atletas competem tanto nas Olimpíadas como também nas Paraolimpíadas. Exemplo disso é velocista Oscar Pistorius, de 25 anos, que compete pela África do Sul. Para poder correr, “Blade Runner”, como é conhecido, utiliza próteses especiais. Foi no ano passado que o sul-africano conseguiu alcançar o índice para poder participar da prova dos 400 metros rasos dos Jogos de Londres. Com este feito, a Confederação de Atletismo de seu país o convidou para fazer parte da equipe de revezamento 4×400 m.

Para a mesa-tenista polonesa, ter uma deficiência não é uma desvantagem. Segundo Partyka, ela joga igual as demais competidoras da modalidade e realiza os mesmo exercícios. A atleta afirma que possui os objetivos e sonhos semelhantes aos das outras jogadoras e, por isso, pode competir com elas sem problemas.