Publicado em: quinta-feira, 02/08/2012

Londres 2012 – atleta de Cuba morde adversário e é eliminado no judô

Londres 2012: atleta de Cuba morde adversário e é eliminado no judôO atleta do judô que representa Cuba foi o responsável por uma cena inusitada na manhã desta quinta-feira, 2 de agosto, nas Olimpíadas 2012, que estão sendo realizadas desde a semana passada em Londres, na Inglaterra. Oreydi Despaigne mordeu o seu adversário durante o combate.

O lutador estava enfrentando Ramziddin Sayidov, do Uzbequistão, quando aproveitou que o seu adversário estava mais perto e com as mãos no seu quimono e tascou uma mordida no dedo da mão direita do seu oponente.

Neste momento, Sayidov parou de lutar e fez uma reclamação sobre o caso para a arbitragem da luta. Os juízes analisaram as imagens da luta e decidiram que iriam desclassificar o atleta cubano. Enquanto isso, Sayidov avançou na categoria voltada para os lutadores que têm até 100 quilos.

Vale salientar que o cubano se deu muito mal com a atitude, já que estava ganhando por um wasaki no momento que resolveu morder o seu colega de esporte e a luta já estava caminhando para o final. Como desculpa, Despaigne disse que foi Sayidov quem enfiou o dedo em sua boca.

A Federação Cubana de Judô não gostou da desclassificação do seu lutador, dizendo que foi o outro atleta que colocou a mão na boca do lutador cubano, mas a decisão foi mantida ainda assim.

Situações parecidas já foram registradas no esporte mundial. No ano de 1997, por exemplo, o lutador de boxe Mike Tyson mordeu a orelha do seu oponente em uma luta, que era o Evander Holyfield. Já neste ano, o jogador brasileiro Emerson Sheik, que atua pelo Corinthians, deu uma mordidinha na mãe do jogador Caruzzo, que joga pelo time do Boca Juniors, da Argentina, durante uma disputa de bola em uma das partidas válidas pela Copa Libertadores da América.