Publicado em: sábado, 17/05/2014

Loja da Fnac em Guarulhos não consegue realizar venda de Iphone sem cobrança de Impostos

Loja da Fnac em Guarulhos não consegue realizar venda de Iphone sem cobrança de ImpostosA Fnac não conseguiu a autorização necessária da Receita Federal, para que sua nova unidade do aeroporto de Guarulhos atuasse como free shop, portanto os preços diferenciados anunciados para Iphones e Tablets não podem vigorar, já que a loja não pode isentar o pagamento de impostos para quem deseja comprar essas mercadorias.

Questionada sobre a atitude da Polícia Federal que não permitiu que a empresa atuasse como free shop, a Fnac não quis se pronunciar sobre o assunto, mas funcionários que trabalham na loja dizem que no início da semana haviam tantas pessoas a procura dos aparelhos sem impostos que filas foram formadas do lado de fora da loja.

Os funcionários não souberam dizer se os aparelhos eletrônicos foram vendidos com os preços anunciados, até porque tomando essa decisão a Fnac teria prejuízos com as vendas, mas o fato é que pessoas que estiveram na loja relataram que existem poucos exemplares dos aparelhos que foram anunciados sem a cobrança de impostos.

A loja que fica no aeroporto terá essas mercadorias vendidas repostas através de outras unidades já existentes no Brasil, já que a remessa que a Fnac havia anunciado que iria vender sem a cobrança de impostos está bloqueada no setor da alfândega do aeroporto.

Os preços anunciados estavam equiparados aos preços das lojas Apple no exterior, bem diferente dos preços que estes aparelhos são vendidos no site da própria Fnac, já que no site há a cobrança dos impostos.

As lojas que podem atuar vendendo produtos sem a cobrança de impostos tem de estar localizadas nas áreas primárias do aeroporto por ser uma área com acesso restrito e somente pessoas com passagens e passaportes podem ter acesso a essas lojas, já que por ali só podem entrar pessoas que embarcam em voos internacionais.