Publicado em: sábado, 01/12/2012

Livro Cinquenta Tons de Cinza sofre com plágio

Livro “Cinquenta Tons de Cinza” sofre com plágioA Universal Studios de Hollywood acabou abrindo processo contra uma produtora de filmes pornô, depois que os seus diretos autorais foram considerados violados, quando um filme foi produzido usando personagens e linguagem semelhante aquela do livro erótico que acabou se tornando sucesso de vendar “Cinquenta Tons de Cinza”.

O processo afirma que o filme é um plágio e a Universal deseja impedir que os filmes que imitam a história do livro sejam vendidos, recuperando assim o lucro que foi perdido. Vala lembrar que os livros escritos por E.L.James acabaram vendendo mais de 40 milhões de cópias desde a publicação no ano passado.

Por isso a Universal já se adiantou e correu para comprar os diretos dos livros, para transformá-los em filmes, numa negociação de 5 milhões de dólares. Foi a corte da Califórnia que recebeu o processo na ultima terça-feira.

A ação judicial destaca que a Smash Pictures, que tem sede na cidade de Los Angeles produziu um filme muito parecido com os livros, com personagem e diálogos bastante parecidos com os usados nos livros.

O processo destaca que o plágio se caracteriza porque os filmes não podem ser classificados como uma paródia, já que não são transmitidos comentários ou opiniões a respeito da obra original. A Smash Pictures optou por não se pronunciar a respeito do assunto. Mas a produtora de filmes eróticos, além dos filmes, também já estava trabalhando no lançamento de uma série de brinquedos eróticos inspirados nos livros.