Publicado em: sexta-feira, 21/10/2011

Lindsay Lohan paga 100 mil dólares pela liberdade

A atriz Lindsay Lohan esteve no tribunal novamente nessa quarta-feira (19) e deixou a sala de audiências, mais uma vez, algemada. Para sair em liberdade do Airport Courthouse, ela precisou pagar uma fiança de 100 mil dólares. Isso porque, a juíza Stephanie Sautner considerou que Lohan violou a liberdade condicional e revogou-a.

O que colocou Lohan em prisão domiciliar foi a condução de substâncias proibidas em 2007 e um roubo de colar em 2010. Com isso, ela também foi obrigada a fazer tratamento de reabilitação e a cumprir 480 horas de serviço comunitário. Ainda faltam 120 horas para ela terminar de cumprir. Num dos lugares onde deveria cumprir esse serviço comunitário, Lohan se encrencou de novo.

No centro de assistência a mulheres em Los Angeles ela foi dispensada, depois de faltar nove vezes, além de uma décima em que cumpriu apenas ¼ das horas necessárias. A juíza alegou que “tem havido violação atrás de violação. Se a prisão significasse alguma coisa nos dias de hoje no estado da Califórnia, talvez a pusesse na cadeia”, ela declarou. Até dia 2 de novembro ela ficará em liberdade, quando irá responder novamente à juíza.