Publicado em: terça-feira, 05/04/2011

Líbia tem capacidade militar reduzida

A Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) informou na terça-feira (05) que a Líbia já tem parte de sua capacidade militar bastante afetada.

Há cerca de duas semanas a Otan passou a realizar operações militares no país africano, e de acordo com a Otan, aproximadamente 30% das forças de segurança do general Muammar Gaddafi já teriam sido destruídas.

Na terça-feira a Otan liderou mais um ataque contra as forças de Gaddafi, na região de Brega. Controlada por exércitos leais ao ditador líbio, a região tem sido palco de contantes conflitos nos últimos dias.

A Líbia vive em meio a um conflito armado, entre forças de segurança do ditador Gaddafi, que ocupa o poder há mais de 40 anos, e rebeldes, que tentam tirá-lo do governo. Países como Estados Unidos, França e Itália entendem que Gaddafi deve deixar o governo, e defendem o uso de forças de segurança no país.