Publicado em: quinta-feira, 24/05/2012

Libertadores – Boca marca no final e elimina Fluminense

O Boca Juniors comprovou a sua tradição em Copas Libertadores da América, e na noite de quarta-feira (23) fez mais uma vítima brasileira no torneio continental. O time argentino eliminou o Fluminense, em pleno Engenhão, no último minuto de partida.

Santiago Silva, ‘El Tanque’, anotou o gol de empate em 1 a 1 que garantiu os xeneizes em mais uma semifinal da Libertadores. Como havia vencido a primeira partida por 1 a 0, o empate no Rio de Janeiro deu a vaga ao clube argentino.

Precisando vencer por dois gols de diferença, o Fluminense foi para cima do Boca já no início da partida, e Carleto, aos 17 minutos do primeiro tempo, abriu o placar de falta. A forte marcação tricolor impediu qualquer tipo de reação do Boca. Porém, aos 45 do segundo tempo, quando a partida se encaminhava para ser decidida nos pênaltis, após Mouche chutar na trave, Santiago Silva completou para as redes.

A eliminação de certa maneira é uma ‘vingança’ do Boca sobre o Fluminense, já que em 2008 o tricolor das Laranjeiras havia passado pelos argentinos nas semifinais da Libertadores daquele ano. Agora, o Boca aguarda pela definição das outras partidas das quartas de final para saber quem será seu adversário.

Se o conterrâneo repetir a sua proeza diante do Santos – assim como o Boca o time de Liniers venceu o jogo de ida na Argentina por 1 a 0 e joga pelo empate no Brasil – o Vélez Sarsfield será o adversário das semifinais. Já se o Santos for o classificado, o Boca pegará o vencedor do confronto entre Universidad de Chile e Liberta, do Paraguai.