Publicado em: quinta-feira, 05/07/2012

Libertadores 2012 – Tite diz que será difícil igualar feito corintiano

O técnico Tite exaltou a conquista do Corinthians na Copa Libertadores da América deste ano. Após a vitória por 2 a 0 sobre o Boca Juniors, relatou na entrevista coletiva no Pacaembu algumas de suas inspirações para montar o elenco vencedor corintiano, e ainda elevou a conquista, por ter acontecido de forma invicta.

Tite disse que acredita ser muito difícil outra equipe vir a repetir o feito obtido por sua equipe neste ano, e faturar a Libertadores da América sem perder nenhuma partida. O técnico corintiano lembrou que outros times foram campeões invictos na América do Sul, mas sempre disputando um número menor de partidas. Este ano, o alvinegro do Parque São Jorge não perdeu nenhum dos seus 14 compromissos pelo torneio continental.

O treinador português José Mourinho, atualmente no Ral Madrid, foi uma das inspirações para o técnico corintiano. Tite revelou que o trabalho que o português fez na Inter de Milão, quando foi campeão da Liga dos Campeões, além do sueco Sven-Goran Ericksson, na seleção da Costa do Marfim, são exemplos para o seu trabalho no Corinthians. O argumento do brasileiro é que estes treinadores europeus souberam montar um grupo unido, de qualidade, em que os reservas também têm participação fundamental.

Ainda batendo na tecla de que a força de seu elenco é justamente o conjunto, Tite tratou de ressaltar a importância de vários jogadores ao longo da conquista da Libertadores. O técnico corintiano ainda lembrou a derrota para o Tolima, no ano passado, ainda na primeira fase da Libertadores, e disse que foi naquele instante que o atual elenco começou a ser moldado.

Emerson, autor dos dois gols que deram o título ao Corinthians, foi elogiado pelo treinador corintiano, porém, Tite fez questão de lembrar de outros jogadores do elenco, caso do meia Danilo, autor do passe de calcanhar para o primeiro gol na noite de quarta-feira no Pacaembu.