Publicado em: segunda-feira, 25/06/2012

Libertadores 2012 – Técnico do Boca elogia o Corinthians

O técnico do Boca Juniors, Julio César Falcioni, não poupou elogios ao Corinthians, adversário na final da Copa Libertadores da América. O treinador da equipe argentina falou sobre a equipe brasileira, e elogiou o trabalho que vem sendo feito por Tite.

Falcioni definiu o Corinthians como uma equipe ‘compacta e muito veloz’, afirmando que os brasileiros chegam à final do torneio continental com méritos. O treinador revelou que vem acompanhando a trajetória corintiana desde a primeira fase e nos confrontos contra o Santos e Vasco da Gama.

Esta é a primeira vez que Falcioni chega a uma final de Libertadores, assim como o Corinthians, no entanto, o Boca possui um largo histórico de decisões na competição sul-americana. Os xeneizes já somam dez decisões de Libertadores, tendo vencido seis edições delas. Caso conquiste mais um título, o Boca se iguala ao Independiente, também da Argentina, como o clube com maior número de conquistas na Libertadores.

No entanto, Falcioni disse que este retrospecto não deve fazer diferencial em uma decisão, e que por isso o Boca precisa fazer uma grande atuação, sobretudo no jogo de ida, na quarta-feira (27), quando os argentinos jogam em casa, no estádio de ‘La Bombonera’.

No domingo o técnico do Boca Juniors teve ‘jornada dupla’, comandando um treino pela manhã, e na tarde esteve no duelo de sua equipe diante do All Boys, pela última rodada do Campeonato Argentino. O Boca tinha chances remotas de título, precisando vencer e torcer por tropeços de rivais, algo que não ocorreu e que resultou no título inédito do Arsenal de Sarandí. Assim como Tite, Falcioni optou por escalar os reservas durante o fim de semana, preservando os titulares para a final de quarta-feira.