Publicado em: quinta-feira, 05/07/2012

Libertadores 2012 – Invicto, Corinthians conquista a Libertadores pela 1ª vez

O sofrimento finalmente acabou e agora é só festa para a torcida corintiana. Na noite da última quarta-feira (4), o Corinthians sobrou, venceu o Boca Juniors por 2 x 0 no Pacaembu e se tornou pela primeira vez campeão da Copa Libertadores da América.

A campanha do Corinthians na Libertadores foi incontestável, tanto é que a equipe foi campeã invicta com oito vitórias e seis empates. A conquista da Libertadores garante ao Corinthians vaga no Mundial de Clubes da Fifa e o principal adversário deverá ser milionário Chelsea.

No primeiro tempo, o Boca começou a partida melhor e ficava com a bola mais tempo no campo de ataque do Corinthians. Mesmo assim, não conseguiu criar nenhuma chance clara de gol por conta do ótimo sistema defensivo corintiano.

A segunda etapa começou da mesma forma, mas logo aos oito minutos a Fiel explodiu. Alex cobrou falta para a área e após o bate e rebate Danilo deu um leve toque de costas para Emerson que não perdoou e deu o primeiro passo rumo ao título. A experiente equipe do Boca sentiu o gol e não conseguia mais criar as jogadas. E aos 27 minutos veio a confirmação do título. Schiavi deu de presente para Emerson que avançou sem marcação e tocou no canto do goleiro adversário. Era o gol que sacramentava a conquista da América pelo Corinthians.

Após o título, elenco do Corinthians festeja no Anhembi

Algumas horas depois de comemorarem o título no vestiário do Pacaembu, os jogadores do Corinthians foram até o Anhembi para estender a festa com os torcedores. O clube organizou um evento paralelo para quem não conseguiu ingresso para a decisão.

Os jogadores subiram em um trio-elétrico e apresentaram o tão sonhado troféu da Libertadores a aproximadamente 30 mil pessoas que estavam presentes no local e viram o jogo de um telão.

Além das comemorações tradicionais, como o hino do clube e demais gritos da torcida, alguns jogadores do Corinthians provocaram seus maiores rivais por conta da conquista. O meia Douglas gritou “chupa, porcada”, em alusão ao Palmeiras e o seu mascote alternativo.

O herói da conquista, o atacante Emerson, não foi junto com seus demais companheiros de ônibus para o Anhembi. O jogador chegou um pouco mais tarde, de carro, para acompanha a festa. O camisa 11 fez os dois gols da vitória de 2 x 0 em cima do Boca Juniors.