Publicado em: sábado, 23/06/2012

Libertadores 2012 – Boca ameaça negar entrada para corintianos

O Boca Juniors ameaça privar a torcida do Corinthians de assistir ao primeiro jogo da final da Copa Libertadores da América no estádio de La Bombonera, em Buenos Aires. Na sexta-feira (23), o presidente do clube argentino, Daniel Angelici disse que os torcedores corintianos poderão ficar sem ingressos para o primeiro confronto que acontece na quarta-feira (27).

A ameaça de Angeleci é baseada no pedido que ele fez ao clube paulista, referente à carga de ingressos para o jogo de volta, no Pacaembu. O Boca Juniors quer que o Corinthians disponibilize no mínimo 4300 entradas para a partida em São Paulo, e caso não seja atendido, garante que não haverá ingressos para a torcida no jogo em Buenos Aires.

A mesma ameaça havia sido feita nas semifinais, contra a Universidad de Chile, quando o Boca também fez o primeiro confronto em seu estádio. Após reivindicar três mil ingressos para o jogo de volta, em Santiago, Angeleci ameaçou não ceder nenhum entrada para a partida em La Bombonera, caso não fosse atendido. No fim, após discussões entre as duas equipes, o Boca teve o número de ingressos desejados.

Geralmente o Corinthians não costuma ceder um número tão elevado de entradas para a torcida visitante no Pacaembu. Na última quarta-feira (20), no confronto de volta das semifinais da Libertadores, a torcida do Santos teve direito somente a 1300 ingressos.

Na sexta-feira o Boca Juniors iniciou a venda de ingressos para o jogo de ida da final da Libertadores. Os valores das entradas variam entre 120 pesos (aproximadamente R$ 60) e 300 pesos (em torno de R$ 150). A assessoria de imprensa só Corinthians não soube informar se nesta primeira carga colocada a venda pela direção do clube argentino estavam incluídos ingressos para a torcida visitante.