Publicado em: quinta-feira, 05/07/2012

Libertadores 2012 – Após derrota, Riquelme anuncia despedida

Após a derrota por 2 a 0 para o Corinthians, na final da Copa Libertadores da América, o meia Juan Roman Riquelme anunciou que não seguirá mais jogando no Boca Juniors. A decisão já vinha sendo comentada pela imprensa argentina antes mesmo da partida, e no Twitter o jogador já havia afirmado que independente do resultado, não seguiria mais no clube.

Riquelme foi o único jogador do Boca a parar na zona mista, para falar com os jornalistas. O ídolo xeneize fez uma rápido pronunciamento e deixou o local sem responder às perguntas dos repórteres. O meia disse que conversou com o presidente do Boca e decidiu tomar a decisão de não seguir no clube. O jogador deu a entender que não tem mais condições físicas de seguir jogando pela equipe que se diz torcedor.

O camisa 10 do Boca disse que se sente agradecido pelo clube, reiterou que ama o Boca Juniors, mas disse que não pode mais jogar ‘pela metade’. Nos últimos meses o meia enfrentou problemas de lesão, e na reta final da temporada acabou apresentando sinais de desgaste físico, tendo sido poupado pelo técnico Julio Cesar Falcioni de várias partidas do Campeonato Argentino.

Ao comunicar sua despedida do Boca, Riquelme não deixou claro qual será o futuro de sua carreira, se irá abandonar os gramados ou tentará jogar em outra equipe. O meia afirmou que irá consultar a sua família, e assim que tiver tomado uma decisão, deverá comunicar a todos o seu futuro. Não é descartado que o meia venha a aceitar alguma proposta do exterior, caso do futebol árabe, por exemplo.

Por fim, Riquelme afirmou que após a derrota no Pacaembu ele gostaria de encontrar o quanto antes seus amigos e familiares, e pedir desculpas a seu filho por não ter conquistado a Libertadores deste ano. O meia argentino ainda lamentou o vice-campeonato, mas parabenizou o Corinthians pela conquista, reconhecendo que o time brasileiro foi melhor em campo nas duas partidas decisivas.