Publicado em: quinta-feira, 21/11/2013

Lesionado na Seleção, Daniel Alves desfalcará Barça por dez dias

Lesionado na Seleção, Daniel Alves desfalcará Barça por dez diasApesar de não ter sido cortado pelo técnico Luiz Felipe Scolari nos amistosos diante de Honduras e Chile, o lateral direito Daniel Alves não entrou em campo em ambas as partidas da Seleção Brasileira. De volta ao Barcelona, houve a confirmação de exames médicos de que o jogador sofreu uma ruptura muscular na perna direita, que o deixará fora das atividades por dez dias.

Antes da goleada do Brasil sobre Honduras por 5 a 0 em Miami, nos Estados Unidos, Daniel Alves havia reclamado de incômodo na panturrilha direita, assim como antes da vitória brasileira sobre o Chile por 2 a 1 na última terça-feira (19), em Toronto, no Canadá. Em ambos os jogos, Maicon foi o titular, tendo inclusive marcado um gol no primeiro confronto.

Com a confirmação oficial da lesão de Daniel Alves, o atleta não poderá estar em campo neste sábado (23), às 13 horas (horário de Brasília), diante do Granada, no Estádio Camp Nou, em Barcelona, pela 14ª rodada da Liga Espanhola. Por isso, o atleta também não poderá entrar em campo diante do Ajax, da Holanda, na terça-feira (26), às 17h45 (horário de Brasília), no Amsterdã Arena, em Amsterdã, pela quinta rodada da Liga dos Campeões da Europa.

Sem poder contar com o brasileiro, o técnico Gerardo Martino deve promover a entrada de Montoya na lateral direita do Barcelona para as duas próximas partidas. O espanhol já esteve em campo na temporada 2013/14 cinco vezes, quatro delas iniciando jogos como titular.

Messi também é desfalque certo do Barcelona nas próximas partidas

Além de Daniel Alves, o Barcelona também não poderá contar com o argentino Lionel Messi nos próximos jogos, já que o jogador eleito melhor do mundo nos últimos quatro anos, sofreu uma lesão na perna esquerda e ficará de fora dos gramados até oito semanas. Além das partidas já citadas, o camisa dez também não enfrentará o Athletic Bilbao, o Villarreal e o Getafe, pelo Campeonato Espanhol; o Celtic, pela Liga dos Campeões; e o Cartagena, pela Copa do Rei.