Publicado em: terça-feira, 24/01/2012

Lesão de Rogério Ceni é considerada crônica e goleiro decide se opera nesta semana

Nesta semana, o goleiro Rogério Ceni deverá fazer um teste para descobrir se precisará fazer uma cirurgia no ombro, onde foi diagnosticado com estiramento no ligamento. Para conseguir escapar do procedimento cirúrgico ele deverá, no fim de semana, provar para o departamento médico do São Paulo que conseguirá jogar sem sentir dores. De acordo com José Sanchez, médico do clube, Rogério apresentou melhora e por isso ainda não fez a cirurgia.

Sanchez diz que o goleiro não conseguia nem movimentar direito o braço por causa das dores que sentia, mas que agora já consegue fazer praticamente qualquer movimento sem se queixar. O médico diz que o goleiro não queria fazer a cirurgia e os médicos decidiram esperar mais alguns dias para acompanhar a evolução do quadro clínico do jogador.

O médico do São Paulo afirma que não é possível prever como Rogério vai reagir aos tratamentos ou até mesmo se terá que passar por cirurgia ou não, mas que até sábado já deverá ter todas as informações para avaliar a saúde do goleiro, dizendo ainda que não haverá qualquer tipo de constrangimento, nem da parte de Rogério e nem do departamento médico. A previsão de recuperação em caso de cirurgia é de seis meses.

Mesmo que consiga escapar da mesa de cirurgia agora, Rogério deverá operar para corrigir o ligamento, nem que seja depois que parar de jogar, de acordo com Sanchez. O médico do São Paulo disse que a lesão do goleiro é crônica e que deverá corrigir o problema para seguir com seus hobbies, como jogar vôlei e tênis.