Publicado em: segunda-feira, 07/07/2014

Lesão de Neymar não é grave mas causa muita dor, diz ortopedista

Lesão de Neymar não é grave mas causa muita dor, diz ortopedistaO ortopedista Alexandre Fogaça, do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, contou que a região em que Neymar sofreu a contusão, que leva o nome clínico de “processo transverso da terceira vértebra lombar”, é área mais periférica da vértebra, que normalmente não alcança a região onde passam os nervos. Mesmo que ela não traga consequências ao sistema neurológico, esse tipo de lesão ocasiona muita for.

De acordo com o especialista, geralmente demora em torno de 6 a 8 semanas para se consolidar. Completa ainda dizendo que, para o nível exigido do jogador profissional, fica extremamente difícil que ele consiga desempenhar suas funções normalmente nos próximos dias, sentindo a dor em que está. A lesão de Neymar aconteceu na última partida do Brasil contra a Colômbia, nessa sexta-feira (4), um jogador da seleção colombiana, Zuñiga, deu uma joelhada em suas costas.

Fora da Copa

O Brasil venceu o jogo por 2 a 1, entretanto, a grande promessa da Copa – Neymar -, deverá ficar fora do mundial por conta de sua contusão. Após o término do jogo, ainda na noite de ontem, o médico da CBF, Rodrigo Lasmar, garantiu que Neymar não está em condições de jogar na semana que vem. Segundo o ortopedista, em meio a diversos tipos de fraturas na coluna, o tipo do jogador é um caso menos grave por não afetar os nervos e ter um tratamento mais tranquilo, e para isso não precisa de cirurgia.

Ele alerta que o paciente mantenha repouso e seja afastado de qualquer atividade física que exija muito, além de ter usar um colete para imobilizar a região. Esse procedimento do colete, é necessário para ajudar a reduzir a dor, para isso, também medica o paciente com analgésicos.