Publicado em: terça-feira, 26/06/2012

Leilão calcula que Oscar de “Casablanca” pode atingir US$ 3 milhões

A casa de leilões Nate D. Sanders, localizada em Los Angeles, irá leiloar, nesta quinta-feira (28), o Oscar de melhor diretor conquistado por Michael Curtiz, em 1943, pelo filme “Casablanca”. De acordo com os cálculos da própria casa de leilões norte-americana, a peça deverá chegar a um valor entre US$ 2,5 milhões e US$ 3 milhões.

O cineasta húngaro Michael Curtiz, que faleceu em 1961, recebeu o prêmio em 1943, depois anos após o filme ser exibido. “Casablanca” é estrelado por Ingrid Bergman e Humphrey Bogart, e se passa no Marrocos no período da Segunda Guerra Mundial. Em 2007, o longa-metragem foi escolhido como o terceiro melhor filme do século pelo Instituto Americano do Cinema.

Venda das estatuetas

Devido a um acordo feito em 1950, entre a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e os vencedores do prêmio, a venda das estatuetas só pode ser feita para a própria academia, que pede por um elas um preço simbólico de US$ 1. No entanto, vários Oscars foram vendidos antes deste ano durante muito tempo, e têm sido leiloados desde então. Em dezembro do ano passado, o Oscar de Orson Welles pelo filme “Cidadão Kane” foi comprado por US$ 861 mil.

Em 1999, o Oscar de melhor filme de “…E o vento levou”, foi comprado pelo cantor Michael Jackson por US$ 1,54 milhão. O Oscar de Michael Curtiz foi comprado pelo ilusionista David Copperfield em um leilão da Christie’s em 2003 por US$ 231,5 mil. A casa Nate D. Sanders não disse quem é o atual vendedor da peça e também não contou como foram feitos os cálculos para estimar o valor da estatueta.