Publicado em: quarta-feira, 17/10/2012

Lateral Juan, do Santos, quebra regra antidoping e pode ficar dois anos afastado

Lateral Juan, do Santos, quebra regra antidoping e pode ficar dois anos afastadoO lateral-esquerdo Juan, que pertence ao São Paulo e está emprestado ao Santos, poderá ter um enorme problema com o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Isso porque o jogador deverá ser julgado pela entidade na próxima quinta-feira (18) por ter quebrado uma das mais tradicionais regras do antidoping esportivo. Por conta disso, o atleta poderá pegar até dois anos de suspensão.

No dia 12 de setembro, em partida diante do Flamengo, Juan foi sorteado para realizar o exame antidoping de praxe após a partida. Entretanto, o jogador deveria seguir diretamente do campo para a sala onde é feita a coleta da urina dos jogadores. Só que antes de se dirigir ao local, o lateral-esquerdo do Santos passou pelo vestiário do time e isso é veementemente proibido. Ao fazer isso, Juan quebrou o que é chamado de Cadeia de Custódia.

Com isso, o jogador foi indiciado no artigo número 2 do Código de Antidoping que assevera a fuga ou recusa em coletar o material e também na questão de tentar alterar qualquer um dos componentes de controle. Além do regra antidoping, Juan também foi enquadrado no CBJD no artigo 258, que diz sobre condutas contrárias à ética no esporte.

Além do jogador, o Santos também poderá ser indiciado pelo episódio. A equipe responde pelo artigo número 191 do CBDJ que diz sobre a ausência de cumprimento de obrigação legal com relação a prática esportiva. Com isso, o Santos poderá ser multado entre R$ 100 e R$ 100 mil.