Publicado em: segunda-feira, 14/01/2013

Lançamento do Windows 8 não aumenta quantidade de vendas de computadores no fim de 2012

Lançamento do Windows 8 não aumenta quantidade de vendas de computadores no fim de 2012As vendas de PCs no planeta durante o fim de 2012 foram reduzidas pela primeira em cinco anos, conforme apontam dados da empresa de análise do mercado de tecnologia IDC. O sistema operacional da Microsoft Windows 8, não parece ter criado estímulos para os compradores e muitos optaram por adquirir smartphones ou tablets.

A redução dá destaque para um ano fraco para fabricantes de computadores, como Hewlett-Packard (HP), Lenovo e Dell, que tiveram a primeira redução em vendas, após uma década sem ter sinais de diminuição. Aaron Rakers, analista da Stifel , Nicolaus & Co afirmou que existe a impressão de que até o Windows 8 estiver instalado em diversos computadores e assim os preços diminuam, este mercado negativo de PCs deverá continuar.

Antigamente, um sistema operacional novo feito pela fazia com que fossem estimuladas as vendas de computadores, porém os fabricantes não conseguem lançar máquinas que atraiam o mercado de maneira suficiente, apontou o IDC.

As empresas que fabricam computadores conseguiram vender aproximadamente 89,8 milhões de PCs durante o quarto trimestre de 2012, o que significa 6,4% a menos do que ocorreu durante os mesmos três meses do ano de 2011.

Estes números foram piores do que era esperado pelos fabricantes e fizeram que fosse registrado o pior resultado deste segmento depois de mais de cinco anos, quando a economia do país entrou no que é considerada a pior recessão desde o período da Segunda Guerra Mundial.

No ano passado, a indústria conseguiu vender ao todo 352 milhões computadores, o que significa um número 3,2% inferior a 2011. Conforme aponta o IDC, foi a redução anual desde o ano de 2001, quando o mercado teve queda depois dos ataques contra os EUA que ocorreram em 11 de setembro. O IDC prevê que ocorra um crescimento de aproximadamente 2,8% nas vendas de computadores neste ano.