Publicado em: segunda-feira, 10/08/2009

‘Ladrão do século’ ganhará liberdade

Ronald Biggs, britânico conhecido como ‘ladrão do século’ por participar do assalto a um trem pagador em 1963, ganhou do governo de seu país perdão por seus crimes. Esse benefício foi aprovado pelo ministro da Justiça Jack Straw e só foi concedido porque Biggs tem um caso grave de pneumonia.

O famoso ladrão tem poucas chances de recuperação e está se preparando para sua liberação formal. Ele está internado em um hospital do condado de Norfolk, e seu filho, Michael Biggs, declarou estar muito feliz com a decisão do ministro, que no mês passado tinha recusado o pedido de liberdade condicional de seu pai.

Biggs, que completa 80 anos no sábado (08), está preso na Grã-Bretanha desde 2001, quando se entregou às autoridades após fugir da cadeia nos anos 60. Ele esteve foragido por 30 anos, tempo em que viveu na Espanha, Austrália e boa parte no Brasil.

Segundo seu filho, Biggs não consegue mais andar, ler, escrever, falar e se alimenta através de um tubo. Os funcionários da prisão que o acompanhavam no hospital foram dispensados. Caso seu estado de saúde melhore, ele será transferido para uma casa de repouso em Londres, perto de onde seu filho Michael vive.