Publicado em: quinta-feira, 29/05/2014

Karim Aïnouz fala sobre trabalho com Wagner Moura

Karim Aïnouz fala sobre trabalho com Wagner MouraO diretor Karim Aïnouz vai trabalhar com o ator brasileiro Wagner Moura no longa-metragem chamado “Praia do Futuro”. Ele mesmo conta que é bom deixar o espectador imaginar sua própria história. Apesar de contar com personagens gays, o diretor deixa claro que a orientação sexual não é o fato mais importante do longa.

Os protagonistas do filme são um casal gay. Isso Karim já sabia que seria motivo de polêmica, ainda mais quando um deles é o consagrado ator Wagner Moura, que fez o papel de Capitão Nascimento em “Tropa de Elite”. Karim ressalta que o público sempre irá remeter a imagem de Wagner com o de Capitão Nascimento, independente dos próximos trabalhos do ator.

Karim e Wagner Moura participaram de uma entrevista coletiva em São Paulo, além dos demais atores como Jesuíta Barbosa e Clemens Schick. Todos eles não deram importância às perguntas focadas na questão sexual. Wagner mesmo disse que seu personagem, o Donato, é um personagem bastante complexo e ser gay é somente um deles.

Barbosa disse que se alguma pessoa se preocupa com isso, não está nem mesmo apto a trabalhar com arte de maneira geral. Para Karim Aïnouz, o filme “Praia do Futuro” é um melodrama masculino, por isso terá personagens exclusivamente masculinos. O diretor conta que pensou que seria um tanto quanto bonito que o melodrama fosse surpreendente.

Ele diz que o roteiro tem momentos que o público quase não vê no cinema. Isso porque terão cenas de homens chorando e até fazendo coisas que não são próprias da natureza humana. O diretor diz que sentiu essa necessidade de evidenciar o mundo masculino, já que vinha há tempos trabalhando em cima do mundo feminino.

É a primeira vez que que Karim Aünouz dirige o ator Wagner Moura. Os dois revelam que tinham desejo de que isso acontecesse, até porque se conhecem há anos.