Publicado em: terça-feira, 07/01/2014

Kaká supera marca de 100 gols com a camisa do Milan e festeja

Kaká supera marca de 100 gols com a camisa do Milan e festejaNa última segunda-feira (6), o meia Kaká chegou a um feito histórico com a camisa do Milan, da Itália, ao superar a marca de 100 gols pelo clube. O brasileiro fez dois gols na vitória do time rossonero sobre a Atalanta, por 3 a 0, no Estádio San Siro, em Milão, e com isso totalizou 101 gols. Ídolo do clube, o atleta foi aclamado pelos torcedores presentes e até pelo volante Montolivo, que o chamou de ‘fenômeno’.

Depois de receber elogio do meio-campista, Kaká disse que o feito de superar a marca centenária pode servir de exemplo para outros atletas, que chegarem ao Milan. Emocionado, o craque comemorou o feito através das redes sociais, dizendo que o ano começou com um sabor especial, coroando sua ‘história fantástica’.

Além do próprio Kaká, o jornal italiano Gazzetta dello Sport comemorou a marca e disse já imaginar o meia marcando 200 gols com a camisa do Milan. Com os pés no chão, o meio-campista afirmou que é melhor pensar em fazer 110 ou 120 gols, e dedicou os 100 gols aos torcedores do clube rossonero. O brasileiro disse que sente a emoção dos italianos quando balança as redes e dedica a marca aos fãs.

Após os dois gols diante da Atalanta, Kaká desabafou e disse que nunca havia pensado que estava ‘acabado’ para o futebol. O jogador ganhou bastante elogios, mas afirmou que precisa trabalhar muito para ter mais uma chance com Luiz Felipe Scolari, na Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 2014.

Kaká relembra passagem por Real Madrid para explicar que nunca ‘desistiu’ do futebol

O jogador, eleito melhor do mundo pela Fifa em 2007, admitiu que esteve abaixo do nível esperado nos últimos anos, entretanto nunca deixou de se empenhar para voltar a ser destaque no futebol europeu, inclusive no Real Madrid, onde não teve bons momentos. Cauteloso, o brasileiro reconhece que precisa se dedicar mais para voltar a ser lembrado por Felipão, assim como aconteceu em março de 2013, para os amistosos diante de Itália e Rússia.