Publicado em: quinta-feira, 03/07/2014

Kaká admite que recebeu propostas de clubes mexicanos antes de acerto com Orlando City

Kaká admite que recebeu propostas de clubes mexicanos antes de acerto com Orlando CityContratado pelo Orlando City, dos Estados Unidos, para defender o time a partir de janeiro de 2015, o meia Kaká afirmou que recusou propostas de dois clubes mexicamos, o América e o Monterrey. Apresentado na última terça-feira (1º de julho), pelo clube norte-americano, o jogador brasileiro já assinou contrato por empréstimo com o São Paulo, até o final da temporada 2014.

Segundo informação do site italiano Football-Itália, Kaká teria recebido ofertas de América e Monterrey, mas respondeu que preferia atuar na Major League Soccer, em vez do futebol mexicano. De acordo com a publicação, o craque brasileiro disse que foi difícil deixar o Milan, entretanto, garante que fez a escolha correta.

Com acordo assinado, a diretoria do São Paulo estuda a apresentação oficial de Kaká para os próximos dias. A reestreia do meio-campista com a camisa são-paulina deve acontecer no dia 19 de julho, às 18h30m, contra a Chapecoense, no Estádio do Morumbi, em São Paulo, em jogo válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor é o quarto colocado do Brasileirão, com 16 pontos ganhos, três abaixo do líder Cruzeiro.

Kaká começou a carreira no São Paulo e conquistou apenas um título no clube

Revelado pelo São Paulo, Kaká conquistou o Torneio Rio-São Paulo em 2001 pelo clube e foi negociado em 2003 com o Milan, da Itália. No clube rossonero, o meia viveu sua melhor fase na carreira, conquistou o Campeonato Italiano na temporada 2003/04, a Liga dos Campeões da Europa em 2006/07 e o Mundial de Clubes da Fifa em 2007. No mesmo ano, foi eleito pela Fifa o melhor jogador do mundo.

Em seu retorno ao Milan, Kaká não brilhou tanto, na temporada 2013/14. Dessa forma, o meio-campista não foi convocado pelo técnico Luiz Felipe Scolari para a Copa do Mundo de 2014. Ainda jovem, o atleta fez parte do grupo da Seleção Brasileira que conquistou o pentacampeonato, em 2002, sob o comando de Felipão.