Publicado em: quarta-feira, 04/04/2012

Juvenal critica e ‘mata’ Ricardo Teixeira

O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, mais uma vez, deu polêmicas declarações. O alvo da língua afiada do dirigente, desta vez, foi o ex-presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ricardo Teixeira.

Em entrevista à Rádio Estadão/ESPN, o dirigente tricolor não poupou críticas ao ex-mandatário do futebol brasileiro, com quem Juvêncio teve desentendimentos quando Teixeira ocupava a presidência da CBF. O presidente do São Paulo ainda foi mais longe, e tratou o ex-chefe da CBF como morto.

Ao falar dos problemas que o São Paulo teve quando Teixeira era presidente da entidade que rege o futebol no Braisl, Juvêncio se referiu ao período como ‘quando ele ainda estava vivo’. O presidente são-paulino ainda afirmou que Teixeira chegou ao poder na CBF graças ao seu então sogro, João Havelange.

Na entrevista, Juvenal Juvêncio ainda tratou de abordar a nova presidência da CBF, exercida por José Maria Marin, que segundo o mandatário do clube do Morumbi, ‘não é melhor’ para o seu time. O dirigente também aproveitou para criticar o trabalho que vem sendo feito na condução da seleção brasileira com vistas para a Copa do Mundo.