Publicado em: quarta-feira, 12/03/2014

Justin Bieber será julgado em maio por dirigir embriagado

Justin Bieber será julgado em maio por dirigir embriagadoDepois de conquistar uma fileira de fãs por seu talento de adulto em corpo de menino, a estrela da música teen, o astro canadense Justin Bieber, tem dado cada dia mais sinais de que não é mais aquele menino que gravava covers em vídeos no YouTube e fazia o sucesso entre as meninas da escola. Há muito tempo cantor vem assumindo a postura de bad boy e chegou até a perder algumas fãs após sua passagem polêmica com a turnê internacional pelo Brasil.

Foi marcado para o dia 5 de maio o julgamento de Justin Bieber para o caso dele que envolve as acusações por dirigir embriagado, usando uma carteira de motorista vencida e ainda resistir à prisão ao ser abordado. A polícia informou que o cantor chegou a ser flagrado pelas autoridades na ocasião em que disputava um racha em Miami Beach, ação proibida por lei no local. Aos 20 anos, a defesa de Bieber o declara inocente de todas as acusações, apesar de o próprio réu não ter comparecida a nenhuma audiência preliminar sobre o processo até o momento.

Depois que os advogados do cantor e ainda várias empresas jornalísticas questionaram em tribunal o direito da mídia de acesso as imagens do cantor sob custódia da polícia, durante sua prisão em 23 de janeiro, a data inicial do julgamento, prevista para o começo de março, acabou sendo adiada até a resolução desta questão. Bieber foi preso dirigindo embriagado assim que a polícia o parou em um Lamborghini amarelo amassado circulando por Miami. Junto com ele, foi também detido outro motorista, conduzindo uma Ferrari vermelha. Os dois estariam disputando racha em uma rua importante de Miami Beach.

Para que os motoristas pudessem disputar a corrida, duas SUV’s estavam bloqueando a rua para a competição. Justin resistiu a prisão e chegou até a xingar os policiais que o abordavam. Mais tarde, ele mesmo chegou a admitir que havia consumido álcool, além de ingerir alguns remédios. Uma fiança de US$ 2.500 dólares foi estabelecida para sua soltura. Caso seja condenado pelas acusações, Bieber pode acabar cumprindo seis meses na prisão, apesar de especialistas nesta situação acreditarem que o cantor deve sair com uma pena mais branda, já que é réu primário. Em abril, porém, ele será julgado também por ter agredido o motorista de uma limousine e sua situação pode se complicar um pouco.