Publicado em: domingo, 09/02/2014

Justin Bieber pode enfrentar acusações criminais

Justin Bieber pode enfrentar acusações criminaisO desejo da polícia é que o cantor Justin Bieber enfrente a justiça e responda por um crime, depois de ter atirado ovos na casa de um vizinho. O Departamento do Xerife do Condado de Los Angeles entregou o caso para ser cuidado por um Promotor do Distrito do Condado da cidade, durante a última quinta-feira, dia 6. a recomendação é que o cantor passe por uma punição como prevê a lei.

Bieber teria causado prejuízo de aproximadamente US$ 20 mil na residencia do vizinho. A casa fica na região de Calabasas, no estado da Califórnia e o crime teria acontecido em janeiro deste ano. O promotor Dave Thompson informou ao site TMZ que procurou dar início na papelada e deseja que seja instaurada uma acusação criminal. A expectativa é que ele decida o que fazer com o caso nesta semana. A principio o inquérito teria sido apenas uma contravenção, mas pode se tornar um crime devido a quantidade de danos que o astro teen causou na casa de seu vizinho.

Já Lil Za, amigo de Bieber, recebeu a acusação por crime. Ele foi encontrado com posse de oxicodona e ecstasy e destruiu um telefone público quando estava sendo detido pela polícia. Caso ele seja condenado, o rapaz que inicia a carreira como rapper pode ficar preso por até nove anos.

Vale destacar que este não é o único problema de Bieber com a justiça. Ele precisa se apresentar na corte de Miami até o próximo dia 3, onde terá que responder judicialmente por dirigir com os documentos vencidos, bêbado e drogado. Ele resistiu a prisão, mas acabou sendo detido no último dia 23. O seu advogado, Roy Black, entrou com a documentação onde alega inocência do cliente.

Cabe lembrar que Bieber participou de um festa do lado de P. Diddy e Rick Rosso, na cidade de Atlanta, na Geórgia, nesta quarta-feira, dia 5. Ele também passou por acusações por ter, supostamente, agredir o motorista de sua limusine no ano passado, quando estava saindo de uma partida de basquete que assistia na cidade de Toronto, no Canadá.