Publicado em: sexta-feira, 31/01/2014

Justin Bieber é preso novamente sob acusação de agressão

Justin Bieber é preso novamente sob acusação de agressãoO cantor Justin Bieber acabou sendo detido novamente, mas desta vez sob a acusação de um novo crime: agressão. Segundo informações que foram divulgadas no famoso site “TMZ”, o cantor ainda vai ser indiciado por um caso que ocorreu no mês de dezembro do ano passado. O astro pop acabou de sair da prisão em Miami , nos EUA, depois de responder pela acusação de racha e também por estar dirigindo embriagado.

Depois da prisão, o cantor decidiu passar um tempo descansando no Panamá . O artista chegou a prestar depoimento em uma delegacia de Toronto, no Canadá, no final da tarde de ontem, dia 29. No momento em que chegou no local, ele acabou causando muito tumulto e também foi cercado por incontáveis jornalistas. Já o caso do ano passado, um integrante da equipe do cantor acusou o astro de ter lhe agredido com socos , ele era o motorista da limusine onde o restante do grupo estava. Até agora a polícia não quis confirmar se Justin estava mesmo envolvido no crime e na época do incidente o artista declarou que não daria depoimentos, irritando ainda mais os policiais.

Na época, o artista declarou que não daria depoimentos, e isso irritou ainda mais a polícia. Mas desta vez, Justin foi aconselhado á se entregar. Segundo as informações da publicação, outras três testemunhas deporam contra o cantor . Umas delas é o motorista que contou á autoridades que foi mesmo Justin quem deu golpes em sua cabeça logo após ele ser chamado para buscar o cantor em uma boate em que ele sai acompanhado de mais cinco pessoas. Justin concedeu depoimento no final da tarde de ontem, dia 29, e ainda segundo o TMZ, ele será processado pro agressão e deverá ser liberado apenas após pagar fiança.

E isso quer dizer que o ano começou mesmo muito atribulado para o artista. Já no comecinho de janeiro, a enorme mansão em que Justin mora na Califórnia acabou sendo inspecionado depois de o cantor ter sido acusado de vandalismo. No momento em que foram investigar de perto a denúncia, a polícia precisou deter o rapper Lil Za, por ele estar portando “Molly”, que é uma droga nova, sintética, e que é muito parecida com o ecstasy.

O astro teen, todavia, acabou inocentado de todas as acusações e foi liberado. Na sequencia de seus crimes, Justin foi acusado por vandalismo e correu até mesmo o risco de ser deportado, caso fosse condenado por esse crime aqui no Brasil. O último e mais grave foi o caso do recente envolvimento do cantor em um racha em Miami, onde ele foi alvo de um abaixo-assinado organizado pelos americanos por conta da prisão depois de ter dirigido embriagado. Agora a Casa Branca está estudando a possibilidade de deportar o cantor.