Publicado em: quinta-feira, 27/02/2014

Justiça indefere pedido da Band para que Danilo Gentili não apresente programa no SBT

Justiça indefere pedido de emissora para que Gentili não apresente programa no SBTNesta quarta-feira (26), a Band entrou com uma ação na Justiça contra o apresentador Danilo Gentili, que saiu da emissora ainda no ano passado para apresentar um programa do SBT, ele comandava o talk show “Agora É Tarde” da Band, ele tinha contrato até o fim de 2014 e o quebrou. No processo, a Band pede que o apresentador cumpra o acordo em que foi estabelecido, e volte para a emissora cumprindo uma pena de 5 dias apresentando seu antigo programa. Todavia, o juiz Henrique Maul Basílio de Souza, da 18ª vara cível do Tribunal de Justiça de São Paulo, decidiu que não daria validade ao pedido, segundo ele, não é viável o Estado por meio do poder Judiciário, direta ou indiretamente, fazer com que o réu preste atividade do material contratado, tendo a liberdade de deixa-lo, mesmo que isso gere consequências para o mesmo, escreveu na sua decisão.

Estratégia da concorrência

A Band, sem perder tempo, já tem um novo apresentador para o programa “Agora É Tarde”, seu ex colega de trabalho quando faziam parte do programa CQC, Rafinha Bastos tomará a frente do programa. Como a decisão já foi tomada, o que parece ser é uma estratégia da Band de atrasar a estreia de Danilo Gentili no SBT. Para a felicidade do apresentador, o juiz também indeferiu o pedido que a Band havia feito sobre ele ter que pagar multa por quebrar o contrato, usando como justificativa que precisa ouvir o lado de Danilo antes da decisão. Assim também, mais uma vez negou um outro pedido para que ele não pudesse apresentar em programas concorrentes enquanto o contrato seja finalizado. A Band se pronunciou, dizendo que o gênero do programa que ele irá apresentar no SBT, é uma cópia do ‘Agora É Tarde’.