Publicado em: terça-feira, 20/12/2011

Justiça americana processa Facebook por publicidade com usuário

Está sendo discutida na Califórnia, Estados Unidos, uma lei que pode colocar fim, ou ao menos atrapalhar, a receita de publicidade do Facebook. A informação é do Financial Times e indica que usuários comuns poderão controlar como seus nomes e imagens serão usados.

Atualmente, só as celebridades tem o direito de controlar esse uso comercialmente e a ampliação dessa possibilidade vai contra a publicidade da rede social. O Facebook apresenta aos usuários produtos que os amigos ‘curtiram’. O pedido da rede social para rejeitar o processo aberto pela Justiça californiana foi negado.

O caso está representando milhões de usuários da rede e diz respeito às “Histórias patrocinadas”, publicidades que aparecem em muitas páginas informando aos usuários o que os amigos gostaram. Essa publicidade entrou em vigor em janeiro e têm sido sucesso entre os anunciantes.

O caso ainda está em fase inicial, mas a juíza Lucy Koh afirmou que os usuários poderão ter direito a uma parte das receitas geradas com esse tipo de publicidade. Ainda segundo ela é preciso lembrar que os usuários nunca foram perguntados se permitiam ou não o uso de seus nomes.