Publicado em: sexta-feira, 20/04/2012

Justiça aceita denúncia contra 3 acusados de morte de criança em Bertioga

Nesta quinta-feira (19), a Justiça aceitou a denúncia contra três das quatro pessoas que são suspeitas de estarem envolvidas na morte da menina Grazielly Lames, de apenas três anos, que foi atropelada por um jet ski no dia 18 de fevereiro na praia de Bertioga, litoral paulista. Essas pessoas são acusadas de homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Segundo informações do juiz Rodrigo Moura Jacob, da 1ª Vara do Foro Distrital de Bertioga, foi aberto um processo para averiguar a conduta de José Augusto Cardoso, padrinho do adolescente e proprietário do jet ski, e os mecânicos Thiago Veloso Lins e Aílton Bispo de Oliveira, pois os dois foram imprudentes ao permitir que uma peça do equipamento enferrujasse.

Entretanto o juiz rejeitou a denúncia contra o caseiro Erivaldo Francisco, que ajudou a levar o jet ski para o mar. O juiz entendeu que o caseiro apenas cumpriu uma ordem de serviço. Os três denunciados terão até dez dias para apresentarem suas respectivas defesas por escrito.

Já o adolescente que pilotava o jet ski irá responder por ato infracional e pode ter que cumprir uma medida socioeducativa.