Publicado em: terça-feira, 11/06/2013

Julian Assange, fundador do WikiLeaks, diz que Edward Snowden é um herói

Julian Assange, fundador do WikiLeaks, diz que Edward Snowden é um heróiJulian Assange, que fundou o WikiLeaks (site que publica documentos secretos), apontou que o ex-agente da CIA Edward Snowden tem que ser visto como herói por expor um caso que diz ser um dos mais sérios em toda a década.

Snowden assumiu que foi a pessoa que entregou para os jornais The Guardian e The Washington Post documentos que mostram a maneira que a Agência de Segurança Nacional (NSA) norte-americana tinha dados de clientes de grandes empresas de internet e de telefonia dos Estados Unidos.

Conforme Assange, Snowden agora vive uma posição bastante séria e afirmou que a retórica que esteve sendo aplicada contra ele e Bradley Manning, um ex-soldado norte-americano que está sendo julgado por vazar milhares de documentos secretos para o WikiLeaks, vai ser aplicada também contra Snowden.

Manning teve o início do seu julgamento durante a segunda-feira passada (3). Das 22 acusações contra ele, a mais grave é conluio com o inimigo, por transferir para o WikiLeaks informações que eram confidenciais das guerras do Iraque e Afeganistão e uma quantidade maior do que 250 mil documentos do Departamento de Estado.

Assange está praticamente há um ano vivendo na embaixada do Equador em Londres, e afirma que tem contato com o que chamou de pessoal de Snowden, sem dar maiores detalhes. Assange aponta Manning e Snowden como sendo homens sérios que acreditam em uma coisa e mostraram ter grande coragem.

O porta-voz Jay Carney da Casa Branca apontou durante a segunda-feira (10) que o governo norte-americano não irá comentar de maneira oficial a revelação de Snowden.