Publicado em: sábado, 05/11/2011

Juiz americano filmado agredindo sua filha não será indiciado

O juiz norte-americano que foi filmado pela sua própria filha enquanto ele a espancava não será indiciado porque o crime prescreveu, de acordo a polícia de Rockport, no Texas. Atualmente com 23 anos, a filha, Hillary Adams, fez as imagens quando ainda era uma adolescente de 16. Na ocasião, seu pai, William Adams, não sabia que estava sendo filmado enquanto agredia a garota com seu cinto por diversas vezes.

Em entrevista ao canal de TV CNN, a garota explica que só divulgou as imagens recentemente porque queria mostrar ao seu pai que ele precisa de ajuda. Porém, Hillary acredita que seu pai não precisa ser punido judicialmente. A jovem mulher publicou o vídeo no YouTube na semana passada. Além do seu pai, sua mãe, Hallie Adams, também aparece batendo na garota com o cinto. Já separada do então marido, Hallie justifica que pediu desculpas à sua filha.

Em contrapartida, o juiz divulgou um comunicado à imprensa explicando que o motivo que levou sua filha a publicar o vídeo foi por ele ter ameaçado cortar a ajuda financeira e tirar a Mercedes de Hillary. “Se o público precisa saber, logo antes do vídeo aparecer no YouTube, um pai preocupado comunicou sua filha de 23 anos que ele não estava disposto a continuar a trabalhar duro e ser sua principal fonte de apoio financeiro, se ela ia simplesmente abandonar (a universidade) e se contentar em trabalhar meio-período em uma loja de videogames,” dizia o comunicado.

O juiz é a maior autoridade da Justiça no condado de Arkansas e tem participação no julgamento de casos de violência contra crianças.