Publicado em: segunda-feira, 07/04/2014

Jovens enfrentam o frio da madrugada para ficar nos primeiros lugares da fila para o Lollapalooza

Jovens enfrentam o frio da madrugada para ficar nos primeiros lugares da fila para o LollapaloozaO festival Lollapalooza começou, mas antes do seu início já tinha quem estava ansiosa e esperando na fila por um bom lugar para ver os shows. A primeira a chegar na fila do festival, que dá diretamente para os palcos Onix e Skol, ficou desde o início da noite da última sexta-feira (4), sentada na calçada da Avenida Interlagos.

A moradora de Itaquaquecetuba (SP), Luci Britto, 35 anos, contou que passou a madrugada somente com a roupa do corpo. Ela diz que “foi tenso”, e que já está a mais de 12 horas no local, passando muito frio, alegando que não trouxe cobertor e nada mais. A pretensão de Luci, é assisti ao show da banda Nince Inchh Nails, que começa às 19h55.

Mas ela não estava sozinha, junto estavam os amigos, Caique Sanches, 16, e Daniela Barts, 18, que já se preveniram e levaram moletons e até toalha. “Sabíamos que ia fazer frio na madrugada. Mas mesmo assim ficamos congelados”, afirma.

De Santo André

Uma outra pessoa também resolveu se aventurar na fila de madrugada, Tamara Beatriz que veio sozinha de Santo André para o festival, também está desde o começo da noite na fila.

Ela disse que não trouxe comida e nem agasalho, mas conta que a presença dos outros três amigos que também enfrentavam a noite fria, a ajudaram a se manter firme. “Eles me cederam uma toalha para eu passar a noite. Estou só de camiseta. Não quis trazer mochila porque no ano passado mais atrapalhou do que ajudou. O legal é que sempre alguém te ajuda na fila”, Tamara completa dizendo que está ansiosa para assistir aos shows de Vespas Mandarinas e Muse, que são um dos últimos a se apresentar, mesmo assim, está disposta a esperar. Ela finaliza dizendo que as letras de Muse movem sua vida.