Publicado em: terça-feira, 10/07/2012

Jovem se declara culpado por tentativa de atacar órgãos do governo em Washington

Um rapaz de 26 anos se declarou culpado por uma tentativa de atacar órgãos do governo em Washington. A procuradoria federal informou que ele tentou o ataque usando aviões pequenos teleguiados repletos de explosivos. O jovem é Rezwan Ferdaus, que foi preso no dia 28 de setembro do ano passado próximo de Boston, sendo acusado de tentar atacar o Capitólio e o Pentágono.

O jovem também recebeu a acusação de tentar conseguir itens para a fabricação de explosivos para poder usar contra os soldados norte-americanos em serviço no Iraque. A promotora Carmen Ortiz afirmou, em um comunicado, que o rapaz concordou em dizer que é culpado pela tentativa de atentado e por tentar obter o material para fabricação de bombas com a ajuda de terroristas.

Acordo

O acordo declara que Rezwan Ferdaus, que é norte-americano e graduado em física, irá cumprir uma pena de 17 anos de prisão, solicitada pela promotoria, e mais 10 anos de liberdade supervisionada. Desta forma, a procuradoria irá abandonar todas as acusações contra o jovem. Para poder investigar, os agentes do FBI se passaram por cúmplices de Ferdaus.

Os agentes lhe derem um avião teleguiado, armas e explosivos, com os quais o jovem iria realizar um atentado em Washington. O rapaz foi preso em Framingham. Uma “jihad” foi planejada por Ferdaus contra os Estados Unidos, e o rapaz teve contado com os agentes do FBI que estava infiltrados. Para Ferdaus, os agentes faziam parte da al-Qaeda.