Publicado em: sexta-feira, 31/10/2014

Jovem Paranaense estuda até 14 horas diárias para se preparar para o Exame Nacional do Ensino Médio

Jovem Paranaense estuda até 14 horas diárias para se preparar para o Exame Nacional do Ensino MédioA jovem de 25 anos de idade, Cristina dos Santos, se dedica até 14 horas diárias aos estudos, desde que optou pela tentativa de ingressar em um curso de medicina, ela que já é formada em educação física declarou que se desiludiu com a profissão, já que ela trabalhava muito e o que recebia não era satisfatório.

Cristina diz que sempre teve o desejo de cursar medicina, mas que por dificuldades financeiras de seus pais ela teve de optar por uma outra profissão logo que saiu do ensino médio, foi por esse motivo que a jovem optou pelo curso de educação física, porém agora Cristina resolveu retomar o seu sonho e está se dedicando totalmente a isso.

A moça diz que estuda até 14 horas por dia, sendo divididas por dois períodos em dois cursinhos diferentes e também em casa, ela diz que no início foi difícil se readaptar a rotina de estudos, já que ela não estava acostumada a ficar concentrada, em apenas um local, para estudar.

Cristina revela que no ano de 2012 ela frequentou um cursinho preparatório durante seis meses e disse que se deu mal no Enem e também no vestibular, por conta do tempo em que esteve longe dos estudos, no ano de 2013 ela trabalhava e estudava, mas percebeu que não conseguia conciliar as duas coisas, já que não obteve um resultado satisfatório, por esse motivo a moça atualmente só se dedica aos estudos.

A estudante diz que de todas as suas dificuldades, a maior delas foi deixar o emprego, segundo ela agora se quiser fazer um lanche, tem de pedir dinheiro para seu pai, a jovem vivem com seu pai que é bombeiro, com sua mãe que é dona de casa e mais duas irmãs, ela diz que tem todo o apoio que precisa da família.

Há menos de dez dias pro Enem, Cristina diz que os estudos tem de ser mais intensos, pois as provas que compõem o exame estão a cada ano mais elaboradas e com isso o preparo precisa ser maior também, a moça diz que a nota do Enem vai ajudá-la a conseguir seu objetivo que é ingressar na UEPG ou na Universidade Federal do Paraná, a jovem também não descarta a possibilidade de cursar medicina em outra localidade, caso seja aprovada, caso não consiga desta vez, a moça declara que não irá desistir, já que para ela não existe idade certa para se fazer o que realmente gosta.

Cristina diz que antes saia muito com os amigos e também com o namorado e que agora está mais caseira, mas em meio a tanto estudo a jovem faz questão de dizer que domingo é um dia sagrado para ela, o dia em que ela se dedica à família e também ao namorado de quem ela tem total apoio.