Publicado em: terça-feira, 26/03/2013

Jovem londrino de 17 anos vende aplicativo de notícias para o Yahoo por US$ 30 milhões

Jovem londrino de 17 anos vende aplicativo de notícias para o Yahoo por US$ 30 milhõesUm garoto de Londres, prodígio na computação, realizou sonhos do Vale do Silício, e vendeu o seu aplicativo ao Yahoo por um valor que chega a US$ 30 milhões.

O portal de web, que fez com que a tecnologia móvel fosse o centro de seu novo plano para recuperação, de anos tendo dificuldades, decidiu que precisava de recorrer para o adolescente britânico Nick D’Aloisio de 17 anos e aplicativo Summly, que faz o resumo de notícias de maneira automática para que seja lido em pequenas telas de smartphones e outros aparelhos móveis.

Este acordo faz com que o autodidata D’Aloisio um milionário. Ele aprendeu a escrever softwares sozinho, quando tinha 12 anos de idade, e vai passar a trabalhar em um escritório da empresa Yahoo na cidade Londres, enquanto continua a estudar.

D’Aloisio teve elogios da Apple quando o Summly foi lançado, e foi classificado pela empresa como sendo um dos melhores aplicativos de iPhone no ano de 2012. Este programa foi baixado cerca de um milhão de vezes antes que fosse tirado da loja dos aplicativos da Apple, após a transação ser anunciada.

O vice-presidente de produtos móveis e emergentes Adam Cahan do Yahoo trataou Nick como sendo um pensador excepcional em que se diz respeito aos produtos. Cahan diz que ele representa uma alteração na geração, nos termos de coisas das quais pensam, e o significado de uma cultura feita totalmente a partir de aparelhos móvel. O vice-presidente diz que para esta nova geração os aparelhos móveis estarão em primeiro lugar, e é uma geração em que apenas existem dispositivos móveis e isto é um ponto de vista diferente.

A Summly tinha capital da Horizons Ventures, que é uma a divisão de capital para o conglomerado dos empreendimentos de Li Ka-shing, que é um bilionário de telecomunicações de Hong Kong.

Alguns nomes conhecidos de tecnologia e mídia também fizeram investimentos neste empreendimento, estão entre eles os atores Ashton Kutcher e Stephen Fry; além de Shakil Khan que criou o Spotify; e Mark Pincus que é presidente-executivo da empresa Zynga de games móveis.

D’Aloisio diz que o projeto dele com a Summly era que a tecnologia fosse levada para a maior quantidade possível de usuários, em uma referência para as centenas de milhões de usuários da empresa Yahoo. Ele diz que devido a reputação que o Yahoo tem como um grande portal de conteúdo, esta é uma oportunidade que seja alterada de maneira fundamental a maneira que os conteúdos são consumidos.