Publicado em: segunda-feira, 02/04/2012

Joseph Blatter diz que Valcke continuará na organização da Copa 2014; Rebelo evita falar sobre o assunto

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, confirmou que o secretário-geral da entidade, Jérôme Valcke, seguirá trabalhando na organização da Copa do Mundo de 2014. Valcke recentemente se envolveu em uma polêmica com os brasileiros, mas Blatter ignorou o fato.

Há algumas semanas, Jérôme Valcke afirmou que o Brasil precisaria de um ‘chute no traseiro’ para agilizar os preparativos para o Mundial. A frase desagradou ao governo, que pediu para que o dirigente deixasse de representar a Fifa na organização da Copa.

Blatter, no entanto, minimizou a polêmica, dizendo que se trata de um fato superado, e garantiu que Valcke seguirá como interlocutor da entidade junto ao Brasil. O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, preferiu não comentar a decisão da Fifa.

Na última semana Blatter voltou a endurecer o discurso com relação ao Brasil, afirmando que o país precisa ‘agir mais’, se referindo ao fato da Lei Geral da Copa ter finalmente sido aprovada. Antes, o presidente da Fifa havia afirmado que tinha certeza que o Brasil organizaria uma Copa ‘exemplar’.