Publicado em: quarta-feira, 11/07/2012

José Serra recebe quinta multa por fazer campanha eleitoral antes da hora

O ex-governador do estado de São Paulo, José Serra, que está se candidatando a prefeito da capital paulista, recebeu uma multa no valor de R$ 15 mil por fazer propaganda eleitoral antes da hora. De acordo com a Justiça Eleitoral, ele teria sido beneficiado com divulgações que foram feitas no seu site e no seu perfil no Twitter, que são administrado por sua equipe de campanha. Essa é a quinta vez, somente neste ano, que Serra recebe uma multa por fazer campanha eleitoral fora do prazo que é permitido pela lei.

De acordo com o juiz Henrique Harris Junior, responsável pela a aplicação da multa, tanto o site quanto a página no Twitter foram usadas de maneira irregular antes da data oficial de início da campanha eleitoral, que só foi permitida a partir do dia 6 deste mês. Isso porque tanto o perfil no site de microblogs quanto o endereço do site da sua campanha já foram divulgados durante a convenção do PSDB, partido de Serra, no dia 24 de junho.

Além disso, antes de a campanha eleitoral ser permitida pela lei, o site já exibia um formulário no qual era possível fazer o cadastro de cabos eleitorais. No Twitter também foram constatadas irregularidades como a tag #SerraJa, que está sendo divulgada pelo perfil desde um dia antes da convenção do partido.

Os advogados que fazem a defesa de José Serra alegam que o site e o perfil no Twitter serviriam apenas como sistema de comunicação entre membros do partido, mas a Justiça não aceitou o argumento, já que informações como fotos de eventos, reprodução de discursos, além da divulgação do número do candidato e o slogan foram divulgadas nesses locais. A representação foi enviada ao Tribunal Regional Eleitoral pelo PT e José Serra poderá recorrer da decisão.