Publicado em: terça-feira, 28/02/2012

José Serra formaliza intenção de concorrer à Prefeitura de SP

De acordo com informações fornecidas pelo secretário de Planejamento e Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Julio Semeghini (PSDB), o ex-governador José Serra deverá entregar ao partido a carta na qual formaliza a intenção de entrar na campanha à prefeitura da capital paulista. Segundo Semeghini, presidente do diretório municipal do partido em São Paulo, a pré-candidatura só se tornará oficial, de fato, com a aprovação da executiva da cidade.

Semeghini afirmou ainda que a intenção do candidato que concorreu à Presidência da República em 2010 era entregar o documento ainda durante o dia de ontem, mas devido a realização do debate dos pré-candidatos tucanos houve um pequeno desencontro. No entanto, agora já está confirmada uma reunião para a noite de hoje (28), no diretório municipal, em São Paulo. Segundo o ministro, Serra gostaria de entregar a carta pessoalmente a ele.

Semeghini disse, no entanto, que não era necessária a presença de Serra no debate desta noite, pois ele ainda não é candidato. É necessário passar pelas formalidades internas do partido para obter aprovação. Como disse o ministro, a decisão será da executiva municipal. Hoje (28), pela manhã, Serra escreveu em seu perfil no Twitter que deverá participar da disputa para a prefeitura de São Paulo. O possível candidato disse ainda que pretende participar das prévias, pois sempre foi favorável ao uso delas para escolher os candidatos do partido. Geraldo Alckmin, que também apóia a candidatura de Serra, usou as redes sociais para comemorar a decisão do ex-governador.

Depois que a decisão de Serra foi anunciada, o secretário estadual de Cultura, Andrea Matarazzo, e o secretário do Meio Ambiente, Bruno Covas, disseram que deixarão de concorrer nas prévias e que vão apoiar Serra na disputa. Os outros dois pré-candidatos do PSDB, o deputado Ricardo Tripoli e o secretário José Aníbal, continuam na disputa.