Publicado em: terça-feira, 17/09/2013

José Dirceu disse em seu site que a acusação que foi feita à Luis Gushiken foi injusta

José Dirceu disse em seu site que a acusação que foi feita à Luis Gushiken foi injustaApós a morte do fundador do Partido dos Trabalhadores nesta sexta-feira, Luis Gushiken, José Dirceu comentou sobre a trajetória de vida do ex ministro e deputado federal em seu site e declarou em um artigo que as acusações de peculato feitas a Luís foram injustas, segundo ele foi injusto Luis ser acusado de participação no Mensalão.

Luis Gushiken foi ministro da educação durante o governo Lula e foi ele também quem coordenou as duas campanhas que levaram Lula à presidência da República, Luis tinha 63 anos, era casado e tinha três filhos e faleceu ontem em conseqüência de um câncer no estomago pelo qual estava sendo tratado.

Dirceu disse ainda que assim como todos os envolvidos no esquema do Mensalão, Luis Gushiken foi acusado sem levar em consideração o respeito a presunção da inocência, Dirceu foi condenado a 10 anos de prisão no julgamento do Mensalão, por formação de quadrilha e corrupção ativa.

José disse que assim como Luis disse em seu discurso, as acusações que foram feitas contra ele passaram a ser vistas como prova de sua culpa, logo após essas declarações, Gushiken deixo o cargo de secretário da comunicação social e passou então a chefe do núcleo de assuntos estratégicos, Luis ficou nesse cargo até sair definitivamente do governo.

Dirceu terminou lamentando a morte de Gushiken e disse que é uma grande perda para o Brasil, segundo ele Luis foi um grande lutador, no que diz respeito á sua presença no PT, Dirceu disse que o partido perdeu um pouco de sua alma com a morte de seu fundador, porém ele disse que restaram os legados deixados por ele que era ter coragem acima de tudo e dignidade para enfrentar a vida com a disposição de lutar sempre.