Publicado em: quinta-feira, 03/02/2011

Jornalistas brasileiros são detidos no Egito

Dois jornalistas brasileiros que estavam no Egito para cobrir a crise política no país viveram momentos de tensão na última quarta-feira (2).

O repórter Corban Costa e o cinegrafista Gilvan Rocha, ambos da TV Brasil foram detidos na cidade do Cairo, e tiveram seus equipamentos e passaportes apreendidos, além de terem ficado presos em uma cela sem água e com os olhos vendados, em uma delegacia da capital do Egito.

De acordo com Corban, ambos foram obrigados a assinarem um documento em árabe, no qual, teria explicado um policial, os obrigava a retirar do país imediatamente. Os dois seguiram, da delegacia, direto ao aeroporto de Cairo.

O Egito atravessa uma grave crise polítrica, com sequentes protestos contra o governo de Hosni Mubarak. Com mais de uma semana de manifestações, cerca de 300 pessoas já teriam morrido durante os protestos, além de três mil terem ficado feridas.