Publicado em: terça-feira, 08/09/2009

Jornalista sudanesa condenada por usar calças compridas é solta

A jornalista sudanesa Lubna Ahmed al-Hussein foi libertada nesta terça-feira (08). Ela havia sido presa na segunda (07) por usar calças compridas, peça de vestuário considerada ‘indecente’ em seu país.

No Sudão, usar calça comprida é um crime passível de flagelação. O juiz deu a ela duas alternativas: pagar uma multa de 500 libras sudanesas (200 dólares) ou cumprir um mês de detenção.

Alguém pagou a multa e que Lubna foi libertada logo em seguida. A jornalista ficou irritada por ter sido liberada contra sua vontade.

Depois de ser solta, a jornalista deu algumas declarações no pátio do jornal onde trabalha, o Ajras al-Hurriya (Os sinos da liberdade) e afirmou que vai continuar na luta para mudar esta lei.