Publicado em: sexta-feira, 16/12/2011

Jornalista norte-americano é condenado por ofender brasileiros em seu blog

Nesta quinta-feira, dia 15 de dezembro, o jornalista e blogueiro dos Estados Unidos, Joe Sharley, foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Paraná e deverá pagar uma indenização de R$ 50 mil por ofensas ao povo brasileiro em sua página na internet. O jornalista, que também escreve para o New York Times, pode recorrer.

Ele estava entre os passageiros do avião Legacy que, em 2006, chocou-se com o voo 1907 da companhia aérea Gol, onde 154 pessoas morreram. Sharkey, por sua vez, disse que o espaço aéreo brasileiro era uma “zona” e colocou a culpa do acidente no sistema de controle de tráfego. Além disso, o jornalista também afirmou que as autoridades do Brasil estavam lutando para “se eximir da culpa”.

A ação para que Sharkey fosse condenado por danos morais foi movida por Rosane Amorin Gutjarh, que teve o marido morto no acidente. Rosane deseja doar o dinheiro pago na indenização para uma instituição beneficente. Ela afirma que acha um absurdo o jornalista culpar as autoridades e a mídia do Brasil por falhas dos pilotos dos Estados Unidos.

Os pilotos que estavam no comando do Legacy, Joseph Lepore e Jan Paul Paladino, foram condenados pela Justiça Federal, em maio, por atentado contra a segurança do transporte aéreo. O equipamento anticolisão do Legacy permaneceu desligado por aproximadamente uma hora. Os pilotos dizem que os aparelhos estavam ligados, mas não alertaram sobre nenhuma falha.