Publicado em: segunda-feira, 14/05/2012

Jornalista francês será libertado pelas Farc

O jornalista francês, Roméo Langlois, sequestrado a duas semanas pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), será solto. A informação foi divulgada neste domingo (13), por uma autoridade da Cruz Vermelha. O repórter do France 24 foi sequestrado pelo grupo guerrilheiro durante um tiroteio entre os rebeldes e um grupo de fazia uma incursão.

Roméo Langlois acompanhava o grupo para fazer imagens para seu documentário. O oficial Daniel Muñoz, da Cruz Vermelha, informou que o Comitê Internacional recebeu um comunicado das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia de que irão soltar o jornalista francês.

Sem data

O oficial afirmou que o comunicado não dizia quando o jornalista seria libertado pelas Farc, mas que o grupo guerrilheiro solicitava a criação de um comitê, que seria formado por um enviado do governo da França, a ex-senadora Piedade Córdoba e um representante da Cruz Vermelha. Este comitê iria conversar com as Farc sobre a libertação de Roméo Langlois.

O oficial disse também em entrevista que a Cruz Vermelha foi informada de que o jornalista francês se encontra em bom estado de saúde, mesmo com alguns ferimentos. Roméo Langlois está ferido no braço esquerdo desde o dia de seu sequestro, em 28 de abril. Nesta segunda-feira, o grupo guerrilheiro acusou o governo do país de manipular a opinião pública.